Diálogos Setoriais Brasil e União Europeia : desafios e soluções para o fortalecimento da ACV no Brasil

Publicado dia 22/02/2016

O presente documento surge como um dos produtos resultantes desta parceria, explana o Estado da Arte da ACV no Brasil e na Europa e identifica oportunidades de parcerias entre instituições específicas, bem como define ações estratégicas para a melhoria do cenário de ACV no Brasil.

Autor
Cherubini, Edivan; Ribeiro, Paulo Trigo

Resumo
Em 2003, o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) assumiu a honrosa atribuição de liderar a coordenação do Programa Brasileiro de Avaliação do Ciclo de Vida (PBACV). Desde então, muito foi conquistado para o desenvolvimento e a consolidação da Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) como abordagem para produção mais limpa, aumento da competividade das empresas brasileiras e o fortalecimento das iniciativas para a promoção da sustentabilidade das intervenções humanas no meio ambiente.Ao longo do tempo, a metodologia de ACV floresceu de forma emblemática na Europa, que assumiu o papel de referência no contexto mundial como produtora e disseminadora de normas e padrões em ACV. Tendo em vista o processo em desenvolvimento da abordagem no Brasil, o projeto Diálogos Setoriais constitui um mecanismo oportuno para a realização de benchmarking, a criação de parcerias institucionais e identificação de possibilidades de sinergias nas ações desempenhadas em contexto nacional e internacional.

Neste sentido, foi desenvolvido um capítulo do projeto que contemplou especificamente a temática de ACV e buscou sanar os desafios enfrentados pelo PBACV. A instituição brasileira responsável pela coordenação do projeto foi o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio da Secretaria de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento; e os parceiros responsáveis pela execução da ação em âmbito nacional e internacional, respectivamente, foram o IBICT e o Joint Research Centre (JRC).

O presente documento surge como um dos produtos resultantes desta parceria, explana o Estado da Arte da ACV no Brasil e na Europa e identifica oportunidades de parcerias entre instituições específicas, bem como define ações estratégicas para a melhoria do cenário de ACV no Brasil. O trabalho foi elaborado por dois especialistas, um brasileiro e outro português, com a colaboração de representantes de instituições de destaque na atuação com ACV no País. São elas: a Confederação Nacional da Indústria, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, a Universidade de Brasília e a Universidade de São Paulo.

Por fim, o IBICT endossa o agradecimento a todos os envolvidos nesta empreitada, na expectativa de que o trabalho realizado possa fortalecer e expandir os caminhos já abertos e estrear aqueles ainda necessários. Boa leitura a todos!

Referência Bibliográfica
CHERUBINI, Edivan; RIBEIRO, Paulo Trigo. Diálogos Setoriais Brasil e União Europeia : desafios e soluções para o fortalecimento da ACV no Brasil. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – Ibict, Brasília: 2015. ISBN: 9788570131058.

Idioma
Português

Download: Diálogos Setoriais – ACV

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn